Finitura antibatterica

Novas máquinas para revestimento Kolzer com superfície antibacteriano e antiviral permanente

Estudos científicos mostraram que este elemento químico possui propriedades antibacterianas e antivirais; com as máquinas Kolzer, ele pode ser aplicado em todas as superfícies por meio de Sputtering.

Um revestimento antibacteriano de cobre, que será "pulverizado" nas superfícies com as quais você entra em contato diariamente, permite reduzir a transmissão do Coronavírus (Covid-19).

É o que diz uma pesquisa da Universidade de Southampton, no Reino Unido, segundo a qual esse metal tem propriedades antibacterianas. "Neste artigo, demonstramos que o uso de superfícies de contato de cobre antimicrobiano pode não apenas interromper a cadeia de contaminação, como ao mesmo tempo reduzir ativamente o risco de desenvolver resistência a antibióticos", disse à CORDIS o professor Bill Keevil, chefe do Departamento de Saúde Ambiental da Universidade de Southampton (link da publicação). “Desde que a limpeza adequada continue em ambientes críticos, o cobre pode ser empregado como uma ferramenta adicional importante na luta contra patógenos”, completou.

De fato, maçanetas, corrimãos, interruptores de luz e botões do elevador, para citar apenas alguns, são os objetos que mais tocamos. E especialmente neste período de emergência, mas não apenas, é necessário higienizá-los continuamente, como a OMS também sugere na versão de 8 de maio de 2020 do documento "Indicações para o saneamento de ambientes internos para impedir a transmissão de SARS-COV 2" (link da publicação)

De qualquer forma, como já mencionado, um revestimento antibacteriano de cobre permite reduzir ainda mais o risco de transmissão do Covid-19.

Exatamente por esse motivo, a Kolzer continua dando sua contribuição para enfrentar a emergência de saúde que está afetando o mundo inteiro. Como? Fornecendo conhecimento e máquinas para a deposição a vácuo de nanopartículas de cobre nas superfícies com as quais você entra em contato diariamente.

"As máquinas Kolzer permitem aplicar um revestimento antibacteriano de cobre usando a técnica Sputtering – como explica Antonio D´Esposito, diretor da Kolzer -. O processo é rápido, barato e, acima de tudo, ecológico. É realizado no vácuo e isso permite que o metal seja depositado em qualquer superfície com alta eficiência, uniformidade e funcionalidade ".

Atualmente, cerca de 6 reatores industriais para testes e ensaios estão disponíveis e prontos para uso na sede da empresa em Cologno Monzese.

"Embora a Kolzer esteja em uma realidade internacional, estamos muito apegados às nossas origens - concluiu D´Esposito -. E justamente por esse motivo, queremos dar nossa contribuição para enfrentar esse período de emergência sanitária "